Menu Principal  

 

   :: A AMJS

   :: Diretoria

   :: Tombamento

   :: Zoneamento

   :: CADES

   :: CONSEMA

   :: Eventos

   :: Artigos

   :: Imprensa

   :: Arborização

   :: Links

  
web site estatísticas

          Notícias da AMJS

 

Notícias da AMJS


Nova Diretoria da AMJS!

Em 05 de maio de 2012 foi realizada Assembléia Geral Ordinária para o processo eleitoral de eleição da nova Diretoria, Comissão de Ética e Conselho Fiscal da AMJS.

A então Presidente da AMJS, Arq. Milvia Mitie Aracava apresentou relatório das atividades, informando que a Associação oficiou inúmeras vezes a Subprefeitura do Ipiranga para o controle de obras irregulares, que, em face da omissão ou negligência daquele órgão público, as obras terminam irregulares em dano ao patrimônio da cidade de São Paulo.

Isso não causa nenhum constrangimento ao Poder Público, pois a própria Prefeitura realizou obras irregulares e mentiu para a Diretoria da AMJS, quando danificou área protegida pelo Tombamento do bairro. Clique aqui e leia a matéria sobre o caso.

Informou a antiga Presidente que a AMJS deixou de ter um telefone para contato em razão do alto custo e baixa procura, ficando estabelecido que um número de celular pré-pago será adquirido para aqueles que queiram realizar contato telefônico.

Contudo, ficou salientado que a página da AMJS na internet tem atendido de forma muito eficiente às necessidades de informações e contatos com moradores e imprensa, sendo que será promovida uma melhor interação entre a AMJS os moradores e associados, criando-se um fórum de discussões exclusivamente com os moradores.

Após o relatório, o Tesoureiro, Sr. Mário Nóbrega apresentou contas do período fiscal do período e os demonstrativos do atual balancete. Com as contas aprovadas pela Assembléia Geral, prosseguiu-se no processo eleitoral, com a eleição da nova diretoria da AMJS.

A nova Presidente, Sra. Vera Malzone, agradeceu a confiança depositada e declarou que quer estabelecer contatos com antigos associados e com os demais moradores do bairro, realizando reuniões  com interessados em contribuir com seus esforços de forma voluntária, como todos sempre fizeram, para manter a qualidade do Jardim da Saúde.

Uma grande preocupação é com relação ao intenso tráfego de alta velocidade no interior do bairro, colocando em risco os moradores e a perda da vegetação, pois a Subrefeitura do Ipiranga nunca cumpriu o que a norma do Tombamento determina, de  plantar uma árvore no mesmo local de outra que cai ou é cortada por motivos diversos.

Será mantida a forte atuação para o controle de obras irregulares na verificação do uso e ocupação do solo, sendo que neste primeiro semestre serão encaminhadas representações com denúncias ao Ministério Público Estadual, para a Promotoria da Habitação e Urbanismo e para o GAECO - Grupo de Apoio Especial de Combate ao Crime Organizado, pois muitas obras estão sendo realizadas no bairro e terminando irregulares, possivelmente com a conivência de funcionários públicos.

anterior        Página Inicial          próxima

Copyright © 2001/2012 AMJS

Todos os direitos reservados